quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Delícias do Cerrado... Que Delíciaaaa!


Cuiabá quase 50º... Daí como ninguém é de ferro (na verdade a maior parte do nosso corpo é água), dei uma fugidinha na hora do almoço para me deliciar com os picolés exóticos da sorveteria Delícias do Cerrado. Este aí é o de abacate (o preferido do meu amigo André Martin), mas logo depois deste teve o de bocaiúva (fruto conhecido como "chiclete de cuiabano") e só não fui para o terceiro porque 3 é demais, né gente!?! rsrsrs

Vale a pena conferir, o ambiente é muito agradável e a diversidade de sabores é enorme.

Importante lembrar que apesar da especialidade da sorveteria ser sabores de frutas do cerrado, lá também tem todos os sabores tradicionais (chocolate, morango, creme, etc...) para aqueles que não gostam de se aventurar em experiências gastronômicas, assim agrada a família toda!!!

Delícias do Cerrado
Av. Hist Rubens de Mendonça, 1596 - Bosque da Saúde  Cuiabá - MT, 78050-000, Brasil
+55 65 3028 5552

Eu Indico!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Coisas que aprendi com Yôga...

Com Yôga aprendi respirar... AR, para não PIRAR!
Com Yôga aprendi permanecer... MAIS DIFÍCIL QUE AVANÇAR!
Com Yôga aprendi força... SEM FORÇAR!
Com Yôga aprendi equilíbrio... CAINDO BASTANTE!
Com Yôga aprendi flexibilidade... NO INÍCIO DÓI MUITO!
Com Yôga aprendi limites... MEU LIMITE É ATÉ ONDE AINDA CONSIGO SORRIR!
Com Yôga aprendi fechar os olhos... DE OLHOS FECHADOS CONSIGO VER MUITO MAIS!
Com Yôga aprendi a silenciar... ISSO FAZ COM QUE ME ESCUTEM COM RESPEITO!

Eu aprendi... Mas ainda há tanto que aprender... com Yôga... e muito mais...

Daniela Carvalho

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Chove, lava, leva...

video
Ah... a chuva! A chuva que me leva a total sentimento de elevação.
E como amo a chuva de novembro... As chuvas de novembro são o marco de um novo ano pra mim...
Lava o que era, me deixa limpa para novamente começar.
Continuo amando respirar este ar úmido e frio, mas já não tenho mais vontade de voar para bem longe...
É bem aqui que quero ficar, neste lugar que lembra de mim quando criança, neste lugar com tantos desconhecidos tão familiares, que parecem me conhecer mais que eu mesma.
Como é bom ter pessoas contando sua história, saber que testemunharam sua vida.
E de novo a chuva... venta mais forte agora...
Vento... vento que açoita meu corpo... Desalinha meus cabelos...
Gotas que percorrem caminhos sobre minha face e se encontram com minhas lágrimas...
Como os rios encontram o mar... como ainda ei de encontrar...
Chove, chove sem cessar!

O Perdão


O perdão estabelece uma relação de ganha-ganha abençoada.
Ganha quem pede perdão.
Ganha quem libera o perdão.
Quem não pede perdão e quem não libera o perdão tem uma grande perda..
...no aumentativo: PERDÃO!
Se não quer perder, PERDOE!
Eu Indico!!!!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Entrando pelo cano!

Aiiiii estou irritada!!!!!
Preciso conversar...
Um pouco da irritação é comigo... Por me sentir irritada.
Já tiveram esta sensação?
Eita! Desculpem-me pelo esquecimento da civilidade.
Primeiramente, boa noite!
Sabe o que é?
Meu pai resolveu me ajudar... sim! Ele é muito bom nisto!
O encanamento do chuveiro do meu banheiro estava com problemas...
...a torneira não fechava direito e o chuveiro ficava pingando.
Ele (meu pai) chamou o encanador e identificaram que a parede teria que ser quebrada...
... parte do cano e a torneira deveriam ser trocados. 
Até aqui tudo perfeito!
Mas ninguém me avisou quando o dito cujo (encanador) viria. 
O caos é estabelecido!
Daí simplesmente chego agora pouco em casa e ele e minha mãe me informam felizes que o encanador havia vindo...
...Meu corpo gelou!!!
Quando subi para meu quarto... simplesmente ele (o dito cujo encanador) não pediu a ninguém que tirasse as coisas do banheiro.
...Tudo estava coberto de pó e cimento....
ahrrrrrrrrr
E você sabe como é banheiro de mulher...
...cheio de coisinhas e detalhes... muitas coisinhas, muitos detalhes!
Tudo sujo!!!!!!
E a minha ducha? Aquelas grandonas... Que eu amava!
...Meu pai simplesmente mandou trocar por uma ducha comum...
Ele (meu próprio pai) entendeu que eu tinha dito que a ducha estava com problemas...
Não preciso dizer que jamais disse isto, né?
O problema era a torneira que não fechava direito, daí a ducha ficava pingando.
Por que ele não me perguntou????
Nem vi quando desci as escadas enfurecida e acabei discutindo com meu pai.
ahrrrrr... Que raiva de mim por isto!
A intensão dele foi das melhores....

Moral da história (talvez achando a moral da história eu me sinta melhor)!

Não fale nada e nem com ninguém quando estiver com raiva. Isto multiplicará sua raiva, pois além da raiva pelo que aconteceu, sentirá raiva de si mesmo pela forma como reagiu. Exercite o domínio próprio!

Comunicação não é o que se fala, mas o que se entende! Confirme sempre se seu interlocutor entendeu a mensagem.

Peça perdão, mesmo quando achar que está com a razão! Isto sim te fará bem!

Agora estou melhor! Obrigada!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

TEM COISAS QUE SÓ SUA AVÓ FAZ PARA VOCÊ!

Esta eu tinha que compartilhar!

Vocês não imaginam que hoje no meio da tarde minha avó me liga toda animada dizendo que já tinha lavado roupa, limpado a casa e que estava pensando em fazer um pãozinho feito em casa pra mim... Gente, minha avó é modesta ao falar pãozinho, o pão feito em casa dela é o melhor que já comi em toda minha vida.

Bem, vó é vó e no finalzinho do dia, quando estava saindo do meu último, cliente recebi a ligação da vovó novamente. Ela dizia: Filha, o pão já está quase pronto. Quer que a vózinha faça o café?

Covardia, né gente?!?

Vovó, gestos como este não tem preço... Para você, vózinha linda, todo meu amor e eterna gratidão!

Eu 



Vovó Lyla!

domingo, 20 de novembro de 2011

Agora na versão 3.5!





Dias agitados... mês de aniversário é um pouco turbulento para mim. Impossível conter a ansiedade, pois sou daquelas (quase raras) pessoas que gostam de fazer aniversário. E tenho que confessar a vocês que este meu níver foi um dos mais felizes da minha vida.

Todo ano, acabo brincando com meus amigos dizendo: Vocês podem fazer uma festa surpresa pra mim se quiserem... Eu finjo que não estou sabendo. Mas é só brincadeira e zoeira mesmo.

Bem, este ano algo inusitado aconteceu, meia noite em ponto escutei um som de violão vindo da minha janela, mas nem dei muita bola, pois os barulhos da rua parecem estar dentro do meu quarto (coisas da acústica, falamos outra hora disto). E como se diz no "Causo do Lambizame": Quando pensa que não, as meninas estavam na porta do meu quarto, de chapéu, óculos escuros, violão rosa, bolo prestígio, presentes... fazendo serenata para mim... Impossível não chorar! Muita emoção, muita alegria! Foi lindo! Rúbinha, Kelly, Deliane, e o motorista Rafael... vocês são incríveis!

No dia seguinte acordei muito feliz, meu níver caiu na quinta-feira e adivinhem onde fui tomar meu café da manhã... Dona Eulália, certamente. Importante lembrar que meu café da manhã foi presente do Douglas Di Campos (neto da Dona Eulália e meu amigo) e estava pra lá de delicioso.

Ganhei muitas beijos e abraços de feliz aniversário (como isto é bom) e estou seriamente pensando e passar a fazer como minha amiga Clarissa Goelzer que vira e mexe diz que é seu aniversário só para ficar recebendo os parabéns o dia  todo... rsrsrsr. A Clá é ótima!

Almoço com os amigos do IEL - Instituto Euvaldo Lodi e agregados... né, Nay? Ah, e presença da minha amiga irmã de Rondonópolis, Katyúcia Zanette dos Anjos... isto foi presente de Deus! Treinamento do Banco Santander em Cuiabá no dia do meu níver, perfeição divina!

Teve também mensagem virtual do meu amigo André Martin, Marita, meu primo amado Dionízio, minha prima Ana Cláudia, Artur, Silvie, Patrícia Gomes... Lindos! Amo vocês!

E o maravilhoso final, foi o culto na minha casa, junto com minha família (família de sangue e família em Cristo), onde comemoramos nosso aniversário como quando éramos crianças, Raphael (08/11), Débora (09/11) e eu (10/11), perfeito! Cachorro quente, bolo de chocolate e partida de Imagem & Ação!

Só tenho a agradecer pela infinita misericórdia de Deus na minha vida... E pensar que no ano passado e só tive motivos para chorar no dia do meu aniversário.

Fica aqui meu infinito obrigada a todos vocês que fizeram deste meu dia, um conto de fadas!