terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

DaLea...



Um encontro... Encontro permitido por Deus! Encontro de duas amigas, encontro da infância com a maturidade, encontro de experiências, encontro de aprendizados, encontro de sonhos...

De um sonho em comum nasceu DaLea Instituto, um espaço diferente, um lugar onde só há espaço para sentir-se bem...

Preparamos tudo com muito carinho e estamos prestes a ver nosso sonho começar a virar realidade... DaLea é uma celebração!

Celebre! DaLea Eu Indico e Participo!

Beijo enorme!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Tudo bem...

Uma canção... Você lembra???

Você Vai Lembrar de Mim Nenhum de Nós
Quando eu te vejo
Espero teu beijo
Não sinto vergonha
Apenas desejo

Minha boca encosta
Em tua boca que treme
Meus olhos eu fecho
Mas os teus estão abertos

Tudo bem se não deu certo
Eu achei que nós chegamos tão perto
Mas agora - com certeza eu enxergo
Que no fim eu amei por nós dois

Tudo bem se não deu certo
Eu achei que nós chegamos tão perto
Mas agora - com certeza eu enxergo
Que no fim eu amei por nós dois
Mas você lembra! Você vai lembrar de mim
Que o nosso amor valeu a pena
Lembra é o nosso final feliz
você vai lembrar...vai lembrar...sim...
você vai lembrar de mim

Esse foi um beijo de despedida
Que se dá uma vez só na vida
Que explica tudo sem brigas
E clareia o mais escuro dos dias

video


E mesmo que eu não indique ... Você vai lembrar de mim!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Ser diferente...

O tema da nosso retiro de 2012 foi: Chamado para ser diferente. Eu recebi este chamado faz pouco mais de um ano e resolvi aceitá-lo!

Até hoje este chamado é um desafio muito grande para mim... Todos os dias sou colocada a prova e tenho que extirpar algo em mim... isto dói!

Dói ter que engolir o orgulho, dói ter que conter a vontade de fazer justiça com as próprias mãos, dói perdoar quando fomos injustiçados, humilhados e expostos, dói tratar com amor quem você não considera digno de tal...

A lapidação dói, mas nos torna cada vez mais preciosos aos olhos de Deus! Isto é o que importa!

Entreguei a minha vida a Deus e quero que Ele me quebre e me refaça quantas vezes forem necessárias.

Peço Senhor, me diminua... me diminua a ponto de somente a sua glória poder ser vista em mim... E continue a me enviar para onde o Senhor me julgar necessária.

Ser diferente para Deus... Eu Indico!

Segue algumas fotos do retiro...











quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Preciso...

Preciso não precisar...

Eu preciso do que não sei precisar... Que aconteça apenas!

Esta coisa de preciso me fez lembrar um trecho de um livro do Roberto Freire que li faz muitos anos. Estou certa que muito de vocês conhecem este livro, o título é bem sugestivo: Ame e dê Vexame.

Tem um trecho do livro, que Roberto Freire intitula de declaração anarquista do amor, e diz assim:

Porque eu te amo, tu não precisas de mim. Porque tu me amas, eu não preciso de ti. No amor, jamais nos deixamos de completar. Somos, um para o outro, deliciosamente desnecessários.
O amor é tanto, não quanto. Amar é enquanto, portanto. Ponto.

Creio que tinha 17 anos quando li este livro, achava o máximo! Neste mesmo livro tem um texto chamado: Quem tem medo de ser Cléo e Daniel. Cheguei estudar este texto com meu amigo Xisto Alessandro Bueno com o intuito de fazermos uma peça que seria apresentada para a minha turma de Psicologia da UNIC. Mas acabamos abandonando o projeto por um motivo que me foge agora, né Diplomata?

Enfim, resgatando a declaração anarquista do amor, percebo que a trago comigo até os dias de hoje. Não creio neste negócio de tampa da panela, chinelo velho pra pé cansado, metade da laranja... estas coisas.

Creio que somos completos, não falta nada em nós, somos inteiros! A pessoa que amamos ou iremos amar um dia, vai compartilhar a vida conosco e não ficar tapando buracos.

Sua felicidade é algo que você mesmo deve cuidar... Num tempo onde falamos o tempo todo em SUSTENTABILIDADE ser AUTO SUSTENTÁVEL é condição sine qua non... 

Precisa imprecisão... 

Ser deliciosamente desnecessária.... sem precisar ser precisa!  Eu Indico!

Beijos!

Daniela Carvalho


sábado, 11 de fevereiro de 2012

Repentes...



Em minha fragilidade... minha maior FORÇA!

Uma fortaleza de plumas e flocos de algodão!




Trecho de Fragmentos de mim mesma.

Daniela Carvalho

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Proibido Animais...




Inseptos pode? Rsrsrs...

Momentos únicos, ímpares... Pagando um mico? Não! Mico é para os fracos... aqui estamos falando de King Kong!

Já animou uma festa infantil? Eu Indico! Porque sorrir é preciso!

Beijos de Joaninha!




quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Lavar a alma...



 Como se faz pra lavar a alma?

Quantos banhos já tomei e ainda sinto o cheiro do que já não está em mim.

Como se faz levar da alma o que a água não consegue lavar?

Como se faz?

Lavar a alma... Quem me dará a Dica?

Daniela Carvalho

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Pessoa... A pessoa! Travessia!


Há um tempo em que é preciso 
abandonar as roupas usadas, 
que já tem a forma do nosso corpo, 
e esquecer os nossos caminhos, 
que nos levam sempre aos mesmos lugares. 
É o tempo da travessia: 
e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, 
para sempre, à margem de nós mesmos. 
(Fernando Pessoa)

Palavras bonitas e muito desafiadoras... Poucos são os que realmente aceitam o desafio.

É fácil reconhecer que já é hora de abandonar nossas roupas usadas e esquecer os caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares, mas entre reconhecer e efetivamente abandonar existe um abismo a ser atravessado... Um abismo chamado apego!

Somos seres bem esquisitos... Queremos resultados diferentes fazendo as mesmas coisas. Há pessoas que querem muito emagrecer, mas mantém os mesmos hábitos alimentares, outras sonham em aprender a dançar, mas jamais se matricularam numa aula de dança.

Acreditem: Se plantar berinjelas, jamais colherá morangos! Leis da natureza! 

O tal apego age como um gás paralisante: impede que nos movimentemos rumo ao novo!

E supondo que consigamos vencer a inércia do apego, outro obstáculo se coloca a nossa frente: O medo do novo!

Daí surge minha indignação... Não consigo conceber que alguém prefira permanecer em uma situação que  a faz infeliz, mas que já é conhecida, ao invés ousar viver uma nova situação... Que é a travessia!

Quantos navegantes jamais ousaram atravessar? Quantos navegantes tornaram-se errantes em torno de si mesmos? Quantos?

Há ainda aqueles que são capazes de fazer a travessia para salvar a vida de pessoas que jamais conheceram  e não conseguem fazer a travessia para salvar suas próprias vidas.

Concluo assim, que a travessia se restringe aos ousados e arrojados... Valentes e o corajosos, não por não terem medo, mas por seguirem lutando apesar dele (o medo)!

Por isto também, tão poucas pessoas ousam entregar suas vidas a Deus... Travessia!

Ousar ou ficar a margem de si mesmo? Como é limitante estar a margem de si mesmo diante de um Universo de possibilidades e de um Deus que nos reserva o melhor!

Travessia: Prefiro seguir atravessando e... Eu Indico Atravessar!

Daniela Carvalho

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Quintana... O Mário!


Gosto da forma como Quintana escreve... Simples, mas forte e tocante! 

Concordo com ele quando diz que somos donos de nossos atos. Costumo dizer que não temos controle sobre as coisas que nos acontecem, mas podemos decidir como iremos reagir diante do que nos aconteceu (nossos atos).

É certo que não escolhemos nossos sentimentos... São sentimentos! "Pássaros em voo"! Mas podemos decidir como iremos agir ou que atitude iremos tomar, apesar deles. 

Não! O projeto elaborado por Deus do ser humano, não contempla botões de programação e desprogramação, como alguém me confessou, faz pouco tempo, que era este seu desejo! 

Deus nos deu os sentimentos, mas também nos deu o livre arbítrio e a Lei da Natureza (O plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória). Ou seja, somos livres, mas temos responsabilidades por nossos atos. Os inconsequentes se depararão com o momento que terão que arcar com as consequências de suas inconsequências.

E assim, Quintana... Refrescante como brisa ao final da tarde de verão! Quintana da simplicidade que choca... que toca... que transforma! Amo Mário Quintana!

Quintana... O Mário, Eu Indico!

Beijo enorme de grande!

Daniela Carvalho

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

É melhor olhar do alto!


Acreditem... este é o melhor ângulo!

Saibam que não digo isto com ar de arrogância ou superioridade. Não! Digo porque do alto é possível analisar o todo sem contaminar-se dele.

Eleve-se! As folhas mas verdes estão no topo... o melhor está no alto... nada está mais alto que Deus!

Quando digo olhar do alto, quero dizer também analisar sob a luz da divina sabedoria.

Analisando desta forma consigo dizer OBRIGADA! Obrigada por ter sido feita a TUA vontade! Obrigada por ter me mostrado que aqui bem no alto é o meu lugar.

E todas as vezes que eu tiver que diminuir, sejam para que TU cresça Senhor!

Para o alto e avante! Eu indico!

Daniela Carvalho