domingo, 14 de outubro de 2012

Maternidade... Uma bênção!

Como escrever sobre algo que nunca experimentou? Um desafio...

A maternidade é algo que sempre desejei... Jamais tive certeza do que queria ser quando crescer, mas sempre carreguei comigo a certeza de que um dia serei mãe.

Por significado, Maternidade é a qualidade ou a condição de mãe e no Direito, parentesco que une mãe ao filho... É muito pouco para algo tão sublime, não acham?

A princípio, Maternidade para mim é uma bênção, uma dádiva, um presente de Deus e ao mesmo tempo um voto de confiança tremendo do nosso Criador. 

Apesar de ainda não ter recebido a bênção da maternidade, tenho várias amigas que já viveram ou estão experimentando pela primeira vez esta experiência... Minha amiga Katyúcia me contou com os olhos marejados de emoção que sabia que seria mãe no dia em que a Thayla foi concebida, outras descrevem a sensação de gerar uma nova vida, outras me falam de quando tiveram seus filhos nos braços pela primeira vez, minha amiga Álea descreve a maternidade como a certeza de que jamais estará só... Minha amiga Patrícia, que acabou de dar a luz a duas lindas meninas (Alice e Luiza), me pede para escrever sobre MATERNIDADE. 

E quando começa a tal Maternidade? Será que tem início no fim daquela corrida maluca de caça ao óvulo? Ou quando o desejo de ser mãe nasce em nosso coração? Há maternidade para aquela que não gerou os filhos que são seus?

As perguntas podem ser infinitas, mas todas as respostas convergem para uma única palavra: AMOR! Maternidade é um exercício sublime de AMOR! O AMOR que mais se aproxima do AMOR INCONDICIONAL que Deus tem por nós. É um ato de altruísmo e entrega... Uma força transformadora... 

Maternidade... Ouvir o primeiro choro, sentir o cheiro, tirar do próprio corpo o alimento, noites em claro, muitas fraldas, do bá ao mamãe, a doçura do olhar e do toque, os primeiros passos, distinguir entre uma multidão o som de uma voz, sorrisos, gargalhadas, travessuras, joelhos ralados, o beijo, o abraço, o colo, a segurança, a confiança, o carinho, e novamente o AMOR!

Que Deus me permita um dia viver esta experiência e que eu seja digna de ser chamada de mãe.

E para as mães de ontem, de hoje e de amanhã, eu desejo que sejam benditos¹ os frutos de vosso ventre e que sejam vós benditas² aos olhos de Deus.

¹ Abençoados. ² Abençoadas.

Paty esperando Alice e Luiza

As princesinhas da Paty e do Maurício: Alice e  Luiza



Um beijo mamães e um beijo especial para aquela que me deu a vida: A minha mamãe! 
Dona Rosangela... Te amooooo!


segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Confira DanIndica

facebook

Confira DanIndica


You shared your email with DanIndica and they've suggested you like their page on Facebook

Sign up for a Facebook account if you want to like DanIndica and connect with other friends. Or you can simply view the Page.
DanIndica
Indicações altamente diversificadas. Aqui vocês encontrarão coisas que eu experimentei, aprovei e agora INDICO! ...E meus ensaios como escritora e futura autora de Best Seller... Sim, eu creio nisto! Daniela Carvalho
1 like · 0 talking about this

Sign Up for Facebook
View This Page
I don't knowDanIndica
Essa mensagem foi enviada para danivilanova1.danvinocar@blogger.com. Caso não queira mais receber e-mails do Facebook, clique em: cancelar inscrição
Facebook, Inc. Attention: Department 415 P.O Box 10005 Palo Alto CA 94303

sábado, 1 de setembro de 2012

Beijo... Indico praticar sempre!

Eram só olhares no início... olhares brincando de pega-pega como nos tempos de criança, encontravam-se e desviam-se rapidamente para não serem pegos... Mas serem pegos era tudo que mais queriam.

A distancia não perdura, a necessidade se estar mais perto é mais forte que o medo e encontramos todos os motivos para aproximação.

Agora bem mais perto meu olhar já não pode escapar, foi aprisionado pelo seu. A inquietação geralmente é de quem foi preso, mas neste caso também está inquieto aquele que prendeu.

O uso de qualquer técnica para controlar a respiração fica inaplicável. Reina o descompasso! Já não há como esconder. 

Tento usar o abraço como último disfarce, mas quando meu corpo toca o seu, percebo meu grande erro: você descobriu o descompasso do meu coração. 

Meu impulso é de me afastar bruscamente, mas é tarde demais! Seus braços já envolveram meu corpo e me levam para bem perto de você.

Perto demais! Seu olhar mergulha em meus olhos e sua boca é tudo que consigo ver... Não vejo mais nada! Tudo, é o que sinto!

Sinto sua boca tão perto da minha e num instante de rendição seus lábios repousam sobre os meus. Sinto estremecer todo meu corpo, mas este não é o fim... é apenas o início de um longo e demorado beijo.

 

Daniela Carvalho


sábado, 2 de junho de 2012

Percepções...

Percebo não ser percebida como realmente me percebo ou sou...

Sou o passado, sou o que fui, para alguns jamais o que sou...

Refém de atitudes, algemada a acusações...

Arranquei do meu corpo as roupas velhas, desgastadas...

Nova criatura... Me perceba assim... Nova criatura é o que sou!


Daniela Carvalho - Lágrimas em pérolas

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Mudança de Status

Preciso e resolvi mudar o meu status...

De always on será alterado para off line...

Depois de uns dias, quem sabe (?), retornarei a programação (a)normal... ou não!

Refletindo: Para darmos um salto, precisamos recuar alguns passos. Assim conseguimos impulso!

sexta-feira, 27 de abril de 2012

A maioridade emocional...

Façam as contas comigo, sou meio atrapalhada com números e vivo me perdendo neles, de 14 para 35 anos são... 21 anos! É isto? Hummm... vejamos... HP 12c Prestige... ON... 35... ENTER...14 ... - ... e... 21!!!!! Aléa, minha mais que irmã e sócia, deve estar orgulhosa de mim. rsrsrs

Vocês devem estar perdidos com a minha conta, mas para mim faz todo sentido. Por que 14? Por que 35? O fim da minha infância, meu passado e a vida adulta, hoje, meu presente... Sim, presente nos dois sentidos.

Eu tive que voltar aos 14 anos para sair definitivamente do 14 anos... muito complexo isto, doloroso... mas como diz minha amiga Gabriela Fontes: Isto é muito lindo, muito precioso.

É Gabi... você tem razão!

Nunca me senti com 35 anos anos... Talvez porque passei por todos estes anos sem ultrapassá-los... Ou todos estes anos simplesmente passaram por mim.
Não foram 5 anos, não foram 16 anos... Foram 21 anos! Com 21 anos nós atingimos nossa maioridade legal, é um marco! Mas para mim, os 21 anos depois dos 14 representam o alcance de minha MATURIDADE EMOCIONAL.
Isto é um presente de Deus pra mim!

E agora? O que vai acontecer? Perguntaria eu há um tempo atrás, carregada de muita ansiedade. Mas este um tempo atrás não existe mais, existe hoje, existe agora, existe Deus e existe o melhor.

Sei que nada do que eu tenha capacidade de imaginar será melhor do que o que Deus já preparou para mim.

Então a minha parte é me permitir ser lapidada por Ele, é permitir que Ele me desfaça e refaça quantas vezes forem necessárias, até que eu esteja pronta e seja digna de receber o tesouro que o Senhor guardou para mim.

E a quantas andam sua maioridade emocional? Maioridade Emocional... Eu Indico!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Direto do túnel do tempo...



Surpresa!!!! Seu passado acaba de bater à sua porta.

Foi bem assim que me senti ao receber um ligação completamente inesperada... 

Talvez eu até pudesse imaginar que Will Smith ligasse para mim, mas não você!

De repente me vi novamente com 14 anos... Um filme passou diante dos meus olhos... Uma sequência de flashes rápidos com alguns momentos de slow motion.

Direto do túnel do tempo para um domingo qualquer da minha vida... Ainda estou digerindo o que aconteceu!

E com esta mexeção no passado, lembrei do meu amigo (não sei se ele ainda me considera sua amiga, mas eu o considero assim) Eugênio Berehulka Júnior! Como o Eugênio foi importante em minha vida, como tenho boas lembranças dele... os recreios no Santa Júlia, as tardes na UFMT, os passeios de bicicleta, as noites de conversas no banquinho de concreto em frente a minha casa, a minha formatura do 3º ano, a vez que ele foi barrado na porta da boate por ser menor e que eu disse: ele está comigo (rsrsrs), os desenhos de caneta em sua calça jeans que estava quase dissolvendo e sua inteligência quase irritante (tenho muita admiração e orgulho dele por isso)... O passado...

Por onde anda o Eugênio Bererulka Júnior? Alguém sabe me dizer? 

Queria tanto ter notícias dele... Sei que casou com uma pessoa maravilhosa, a Fê! Mas queria muito saber se a Eurásia já nasceu... rsrsrs! Só ele pode entender o que acabei de dizer.

Agora meus 14 anos... Allyne Nogueira, minha amada amiga e microfisioterapeuta, eu não tenho mais 14 anos, mas meus 14 anos resolveram me encontrar... E agora?

Caros amigos e leitores, num momento como este Eu Indico respirar e desviar o foco! 

Respire novamente... Mais uma vez... Vamos lá... De novo... Pausadamente... Profundamente... Respire!

Agora vou parar de escrever, mas sigo respirando!

Beijoca!


quarta-feira, 11 de abril de 2012

Me vejo...

Porque me vejo assim tão imperfeita e assimétrica.... Por que assim me vejo a gostar mais de mim?

Nas formas que não cabem métrica... Assimétricas formas... Me vejo...

Gosto do que vejo... Me gosto... Gosto do que sou!


domingo, 1 de abril de 2012

Inauguração do DaLea


 Foi assim que aconteceu a inauguração do DaLea...

Tantas pessoas amigas, tantas pessoas amadas, tantas pessoas que nos amam, tantas pessoas que nos fizeram ser o que hoje somos...

Mas o tanto primordial, que nos acompanha desde o primeiro instante em que ousamos conceber o DaLea, inundou tudo com Tua graça, misericórdia e amor: Deus!


 Deus, foi quem plantou este sonho em nosso coração! Ele já sabia de tudo antes mesmo que eu e a Aléa pudéssemos conceber.

Deus permitiu o nosso encontro e reencontro!

Deus nos mostra todos os dias o que quer de nós... e todos os dias nos desfaz e refaz... E nós? Nós apenas permitimos, pois não existe vida melhor do que aquela na presença de Deus.

Olhem para nós! Perceba nossos olhos, examine nossos sorrisos... Tudo brilha!
 Deus brilha em nós!

Não me canso de olhar cada foto e relembrar cada instante deste dia!

Não me esqueço das pessoas... Como estavam felizes também!






Viva!











Delícia!!!!!!!!!



 Meu pai!
 Muitas fotos!!!






Muitos sorrisos!


 Abraços!!!


 Um brinde a alegria!

 Um brinde a elegância!

 Um brinde ao amor e a comunhão!
Um brinde às nossas origens!

 DaLea é assim...
Um lugar onde só há espaço para sentir-se bem!


Venha tomar um chá conosco no DaLea!


                         Eu Indico!

terça-feira, 13 de março de 2012

Ser Mulher!



"O fato de ser mulher, não me torna um tipo diferente de cristão. Mas, o fato de ser cristã, me faz um tipo diferente de mulher." Elisabeth Elliot

Ser um tipo diferente de mulher. Eu Indico!!

terça-feira, 6 de março de 2012

Água? Por Favor!

Nunca fui muito fã de refrigerantes... Em minha lista eles figuram sempre a última opção, além de pra mim ter mais um agravante: soluço logo após o primeiro gole.

O artigo que compartilho abaixo só fundamentou ainda mais a minha atitude de sempre desincentivar seu consumo.

Somos um país rico em quantidade e variedade de frutas, é uma pena restringirmos nosso paladar a tão poucos sabores.

Importante lembrar também que precisamos consumir no mínimo 2 litros de água por dia, pouquíssimas pessoas tem este hábito. A maioria reclama que não gosta de água porque água não tem gosto de nada (ser insípida é uma das propriedades da água), mas há uma forma de tornar o consumo da água muito mais gostoso.

DanIndica: Água Aromatizada!!!


Servimos água aromatizada na inauguração do DaLea Instituto e foi um sucesso. Vimos pessoas que passavam alguns dias sem tomar ao menos um copo d'água tomar um copo atrás do outro das águas aromatizadas.

Experimente! Basta colocar em uma jarra de vidro, cerâmica ou porcelana, água, gelo e alguns raminhos de hortelã fresco, ou pau de canela, ou cravo, ou alecrim, ou manjericão fresco, ou morangos frescos inteiros, ou rodelas de limão, ou ainda combinações destes ingredientes. Eu gosto de misturar morango com hortelã, ou hortelã com canela, ou hortelã com limão, ou alecrim com manjericão, ou... enfim... Você pode abusar da sua criatividade.

Atenção:

Se quer emagrecer, ABUSE da água!!!! Mesmo que esteja cuidando da alimentação e fazendo atividade física, se você não tomar no mínimo os 2 litros de água do qual falei, a gordurinha que você queimou não tem como sair do seu "corpitcho"!


Água, Água, Águaaaaa! Eu Indico!

Artigo: O que acontece quando você acaba de beber uma lata de refrigerante

Primeiros 10 minutos: 10 colheres de chá de açúcar batem no seu corpo, 100% do recomendado diariamente.
Você não vomita imediatamente pelo doce extremo, porque o ácido fosfórico corta o gosto.

20 minutos: O nível de açúcar em seu sangue estoura, forçando um jorro de insulina.
O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura (É muito para este momento em particular).

40 minutos: A absorção de cafeína está completa. Suas pupilas dilatam, a pressão sanguínea sobe, o fígado responde bombeando mais açúcar na corrente. Os receptores de adenosina no cérebro são bloqueados para evitar tonteiras.

45 minutos: O corpo aumenta a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do corpo. (Fisicamente, funciona como com a heroína.)

50 minutos: O ácido fosfórico empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo.
As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina, ou seja, está urinando seus ossos, uma das causas da OSTEOPOROSE.

60 minutos: As propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. Você urina.
Agora é garantido que porá para fora cálcio, magnésio e zinco, os quais seus ossos precisariam.
Conforme a onda abaixa você sofrerá um choque de açúcar.
Ficará irritadiço.
Você já terá posto para fora tudo que estava no refrigerante, mas não sem antes ter posto para fora, junto, coisas das quais farão falta ao seu organismo.

Pense nisso antes de beber refrigerantes. 
Se não puder evitá-los, modere sua ingestão!
Prefira sucos naturais.
Seu corpo agradece!

Prof. Dr. Carlos Alexandre Fett
Faculdade de Educação Física da UFMT
Mestrado da Nutrição da UFMT
Laboratório de Aptidão Física e Metabolismo
Consultoria em Performance Humana e Estética

O que guardar?


Conhece esta vista? Mirante do Parque Mãe Bonifácia em Cuiabá-MT. Muitos conhecem esta vista... Talvez alguns de vocês tenham uma foto desta mesma perspectiva, talvez alguns outros tenham mais coisas a dizer do que esta imagem revela... E para você esta imagem pode nada significar.

Quero me aprofundar nesta imagem e falar do que está mais distante, das coisas que seus olhos não alcançam, mas que você sabe que estão lá.

Esta vista é incrível... Cuiabá parece exuberante vista daqui... Um cartão postal! Mas você que vive ou viveu algum instante em Cuiabá, talvez tenha experiências além desta imagem... Experiências que talvez não ficariam bem num cartão postal. Então o que guardar em suas lembranças?

Assim acontece nos relacionamentos que se findam... Existe a imagem exuberantemente bela e existe também a parte que é feia e nos causa ojeriza. Escolha logo qual imagem gravará em suas lembranças e delete o que não te trará nada de proveitoso.

Não estou falando de adotar uma atitude de negação da realidade. Reconheça o que aconteceu, digira, metabolize o que achar necessário e elimine o que não será útil a você. Sim... É algo bem visceral mesmo!

Hoje eu opto por não carregar malas enormes de coisas que jamais vou usar e que são só um peso. Em minhas costas uma pequena mochila... Somente o essencial.

O espaço é restrito... Guarde apenas o que vale a pena recordar.

Hoje me sinto bem mais leve!

Guarde o que faz bem! Eu Indico!

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. 
Filipenses 4:8

Excelente semana!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

DaLea...



Um encontro... Encontro permitido por Deus! Encontro de duas amigas, encontro da infância com a maturidade, encontro de experiências, encontro de aprendizados, encontro de sonhos...

De um sonho em comum nasceu DaLea Instituto, um espaço diferente, um lugar onde só há espaço para sentir-se bem...

Preparamos tudo com muito carinho e estamos prestes a ver nosso sonho começar a virar realidade... DaLea é uma celebração!

Celebre! DaLea Eu Indico e Participo!

Beijo enorme!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Tudo bem...

Uma canção... Você lembra???

Você Vai Lembrar de Mim Nenhum de Nós
Quando eu te vejo
Espero teu beijo
Não sinto vergonha
Apenas desejo

Minha boca encosta
Em tua boca que treme
Meus olhos eu fecho
Mas os teus estão abertos

Tudo bem se não deu certo
Eu achei que nós chegamos tão perto
Mas agora - com certeza eu enxergo
Que no fim eu amei por nós dois

Tudo bem se não deu certo
Eu achei que nós chegamos tão perto
Mas agora - com certeza eu enxergo
Que no fim eu amei por nós dois
Mas você lembra! Você vai lembrar de mim
Que o nosso amor valeu a pena
Lembra é o nosso final feliz
você vai lembrar...vai lembrar...sim...
você vai lembrar de mim

Esse foi um beijo de despedida
Que se dá uma vez só na vida
Que explica tudo sem brigas
E clareia o mais escuro dos dias

video


E mesmo que eu não indique ... Você vai lembrar de mim!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Ser diferente...

O tema da nosso retiro de 2012 foi: Chamado para ser diferente. Eu recebi este chamado faz pouco mais de um ano e resolvi aceitá-lo!

Até hoje este chamado é um desafio muito grande para mim... Todos os dias sou colocada a prova e tenho que extirpar algo em mim... isto dói!

Dói ter que engolir o orgulho, dói ter que conter a vontade de fazer justiça com as próprias mãos, dói perdoar quando fomos injustiçados, humilhados e expostos, dói tratar com amor quem você não considera digno de tal...

A lapidação dói, mas nos torna cada vez mais preciosos aos olhos de Deus! Isto é o que importa!

Entreguei a minha vida a Deus e quero que Ele me quebre e me refaça quantas vezes forem necessárias.

Peço Senhor, me diminua... me diminua a ponto de somente a sua glória poder ser vista em mim... E continue a me enviar para onde o Senhor me julgar necessária.

Ser diferente para Deus... Eu Indico!

Segue algumas fotos do retiro...











quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Preciso...

Preciso não precisar...

Eu preciso do que não sei precisar... Que aconteça apenas!

Esta coisa de preciso me fez lembrar um trecho de um livro do Roberto Freire que li faz muitos anos. Estou certa que muito de vocês conhecem este livro, o título é bem sugestivo: Ame e dê Vexame.

Tem um trecho do livro, que Roberto Freire intitula de declaração anarquista do amor, e diz assim:

Porque eu te amo, tu não precisas de mim. Porque tu me amas, eu não preciso de ti. No amor, jamais nos deixamos de completar. Somos, um para o outro, deliciosamente desnecessários.
O amor é tanto, não quanto. Amar é enquanto, portanto. Ponto.

Creio que tinha 17 anos quando li este livro, achava o máximo! Neste mesmo livro tem um texto chamado: Quem tem medo de ser Cléo e Daniel. Cheguei estudar este texto com meu amigo Xisto Alessandro Bueno com o intuito de fazermos uma peça que seria apresentada para a minha turma de Psicologia da UNIC. Mas acabamos abandonando o projeto por um motivo que me foge agora, né Diplomata?

Enfim, resgatando a declaração anarquista do amor, percebo que a trago comigo até os dias de hoje. Não creio neste negócio de tampa da panela, chinelo velho pra pé cansado, metade da laranja... estas coisas.

Creio que somos completos, não falta nada em nós, somos inteiros! A pessoa que amamos ou iremos amar um dia, vai compartilhar a vida conosco e não ficar tapando buracos.

Sua felicidade é algo que você mesmo deve cuidar... Num tempo onde falamos o tempo todo em SUSTENTABILIDADE ser AUTO SUSTENTÁVEL é condição sine qua non... 

Precisa imprecisão... 

Ser deliciosamente desnecessária.... sem precisar ser precisa!  Eu Indico!

Beijos!

Daniela Carvalho


sábado, 11 de fevereiro de 2012

Repentes...



Em minha fragilidade... minha maior FORÇA!

Uma fortaleza de plumas e flocos de algodão!




Trecho de Fragmentos de mim mesma.

Daniela Carvalho

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Proibido Animais...




Inseptos pode? Rsrsrs...

Momentos únicos, ímpares... Pagando um mico? Não! Mico é para os fracos... aqui estamos falando de King Kong!

Já animou uma festa infantil? Eu Indico! Porque sorrir é preciso!

Beijos de Joaninha!




quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Lavar a alma...



 Como se faz pra lavar a alma?

Quantos banhos já tomei e ainda sinto o cheiro do que já não está em mim.

Como se faz levar da alma o que a água não consegue lavar?

Como se faz?

Lavar a alma... Quem me dará a Dica?

Daniela Carvalho

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Pessoa... A pessoa! Travessia!


Há um tempo em que é preciso 
abandonar as roupas usadas, 
que já tem a forma do nosso corpo, 
e esquecer os nossos caminhos, 
que nos levam sempre aos mesmos lugares. 
É o tempo da travessia: 
e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, 
para sempre, à margem de nós mesmos. 
(Fernando Pessoa)

Palavras bonitas e muito desafiadoras... Poucos são os que realmente aceitam o desafio.

É fácil reconhecer que já é hora de abandonar nossas roupas usadas e esquecer os caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares, mas entre reconhecer e efetivamente abandonar existe um abismo a ser atravessado... Um abismo chamado apego!

Somos seres bem esquisitos... Queremos resultados diferentes fazendo as mesmas coisas. Há pessoas que querem muito emagrecer, mas mantém os mesmos hábitos alimentares, outras sonham em aprender a dançar, mas jamais se matricularam numa aula de dança.

Acreditem: Se plantar berinjelas, jamais colherá morangos! Leis da natureza! 

O tal apego age como um gás paralisante: impede que nos movimentemos rumo ao novo!

E supondo que consigamos vencer a inércia do apego, outro obstáculo se coloca a nossa frente: O medo do novo!

Daí surge minha indignação... Não consigo conceber que alguém prefira permanecer em uma situação que  a faz infeliz, mas que já é conhecida, ao invés ousar viver uma nova situação... Que é a travessia!

Quantos navegantes jamais ousaram atravessar? Quantos navegantes tornaram-se errantes em torno de si mesmos? Quantos?

Há ainda aqueles que são capazes de fazer a travessia para salvar a vida de pessoas que jamais conheceram  e não conseguem fazer a travessia para salvar suas próprias vidas.

Concluo assim, que a travessia se restringe aos ousados e arrojados... Valentes e o corajosos, não por não terem medo, mas por seguirem lutando apesar dele (o medo)!

Por isto também, tão poucas pessoas ousam entregar suas vidas a Deus... Travessia!

Ousar ou ficar a margem de si mesmo? Como é limitante estar a margem de si mesmo diante de um Universo de possibilidades e de um Deus que nos reserva o melhor!

Travessia: Prefiro seguir atravessando e... Eu Indico Atravessar!

Daniela Carvalho

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Quintana... O Mário!


Gosto da forma como Quintana escreve... Simples, mas forte e tocante! 

Concordo com ele quando diz que somos donos de nossos atos. Costumo dizer que não temos controle sobre as coisas que nos acontecem, mas podemos decidir como iremos reagir diante do que nos aconteceu (nossos atos).

É certo que não escolhemos nossos sentimentos... São sentimentos! "Pássaros em voo"! Mas podemos decidir como iremos agir ou que atitude iremos tomar, apesar deles. 

Não! O projeto elaborado por Deus do ser humano, não contempla botões de programação e desprogramação, como alguém me confessou, faz pouco tempo, que era este seu desejo! 

Deus nos deu os sentimentos, mas também nos deu o livre arbítrio e a Lei da Natureza (O plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória). Ou seja, somos livres, mas temos responsabilidades por nossos atos. Os inconsequentes se depararão com o momento que terão que arcar com as consequências de suas inconsequências.

E assim, Quintana... Refrescante como brisa ao final da tarde de verão! Quintana da simplicidade que choca... que toca... que transforma! Amo Mário Quintana!

Quintana... O Mário, Eu Indico!

Beijo enorme de grande!

Daniela Carvalho

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

É melhor olhar do alto!


Acreditem... este é o melhor ângulo!

Saibam que não digo isto com ar de arrogância ou superioridade. Não! Digo porque do alto é possível analisar o todo sem contaminar-se dele.

Eleve-se! As folhas mas verdes estão no topo... o melhor está no alto... nada está mais alto que Deus!

Quando digo olhar do alto, quero dizer também analisar sob a luz da divina sabedoria.

Analisando desta forma consigo dizer OBRIGADA! Obrigada por ter sido feita a TUA vontade! Obrigada por ter me mostrado que aqui bem no alto é o meu lugar.

E todas as vezes que eu tiver que diminuir, sejam para que TU cresça Senhor!

Para o alto e avante! Eu indico!

Daniela Carvalho